Trancoso (Samuel Rosa - Arnaldo Antunes)


Um colar de contas daqui vou te levar
Um colar de conchas do mar pra te cobrir
Pra você ver da varanda
Vou fotografar as plantas que ainda vão se abrir

Um anel de coco daqui vou te levar
E no búzio um pouco do mar pra se ouvir
Melodias de sereia e nos pés da areia
O bater das ondas que não para
Não vai parar para acompanhar
O silêncio sem fim que eu guardo agora
Em minha boca pra te dar

Sobre o mesmo rastro dos pés que o mar levou
Reconheço um pouco de mim que aqui ficou
E da beira da distância, numa mesma dança

Chuva, sol e chuva e sol não param
Não vão parar para alimentar
O horizonte sem fim que carrego agora sobre a pele
Ao caminhar para acompanhar um outro de mim
No meu corpo, outra vez em você


Álbuns relacionados


Download da música
Disponível no iTunes